Menu

Análise – TEKKEN 7

Após 2 anos da versão arcade de TEKKEN 7 (FATED RETRIBUTION), 6 anos de TEKKEN TAG TOURNAMENT 2, e 8 anos desde a última entrada canónica na série (TEKKEN 6), eis que o mais recente título TEKKEN chegou finalmente às consolas e, pela primeira vez, ao PC. TEKKEN 7 é onde a história Mishima supostamente acaba e saberemos qual os motivos de toda a trama que envolve esta família amaldiçoada. Mas será o suficiente para agradar novos e velhos jogadores da série?

Toda a história da linhagem Mishima, culmina nesta iteração. Como foi anunciado já há algum tempo, Akuma, do universo Street Fighter, faz também parte de toda esta barafunda de problemas, traições e desgostos. Esta é a promessa feita aos jogadores, mas a história de TEKKEN sempre foi muito incoerente na sua forma de apresentar. No entanto, neste novo título, revemos todos os acontecimentos importantes na vida de Heihachi, a personagem omnipresente da série, e que muitas das vezes é o factor integral de todos os acontecimentos no universo de TEKKEN.

Ao entrarmos no menu principal, é-nos apresentado como primeira opção a história da Saga Mishima. Ao seleccionar, podemos escolher entre a história principal e, depois de concluirmos a mesma, podemos jogar os episódios de cada personagem. No geral, a história não é das melhores, mas dado que é um jogo de luta, consegue provavelmente dar algumas lembranças aos veteranos da série, sendo que são revisitados alguns momentos de jogo anteriores. Certamente irá ocupar durante algum tempo, e é provavelmente a melhor tentativa da série, tendo em conta os jogos anteriores, de formar uma história coerente. E para ajudar em momentos chave, o jogo tem alguns ataques designados a botões, mas só neste modo. Contudo, os episódios de cada personagem são apenas uma luta, só para experimentarem a personagem, e acaba por ser pouco, no grande esquemas das coisas.

Em termos de jogabilidade, é provavelmente a melhor da série. E isto, porque adiciona acessibilidade à série, com a introdução de RAGE ARTS e RAGE DRIVES que são basicamente os supers e movimentos EX de Street Fighter juntamente com POWER CRUSHES, sem prejudicar os jogadores avançados/veteranos, o que deixa os jogadores mais novos com uma oportunidade de último recurso e os jogadores avançados com ainda mais ferramentas para aplicar ataques devastadores. E no final de tudo, o jogo é realmente divertido e deixa-nos com ainda mais vontade de jogar. As personagens contribuem também para isso, pois com a adição de 9 personagens totalmente novas o jogo tornou-se muito mais variado, sendo que apenas existem 2 “clones” (Kuma e Panda) nesta iteração.

Em termos de conteúdo, existem vários modos offline para além do modo história como o Arcade Battle (o modo Arcade comum), Treasure Battle (modo onde podemos desbloquear fatos, roupas e itens), VS Battle (o modo local para 2 jogadores), e Practice (modo de treino, com imensas opções). Temos também a já conhecida secção de personalização das personagens, com direito a vários fatos e objectos ridículos, e agora temos também a personalização de jogador, onde podemos colocar várias frases, títulos e cartões alusivos a temas disponíveis. Tal como aconteceu em edições anteriores, temos o modo Gallery, onde é possível ver todos os vídeos de TEKKEN 7 e de todas as iterações TEKKEN, até mesmo os vídeos da máquina pachinko. Já os modos online, temos os típicos Ranked Matches, Player Matches e Tournament Matches, uma novidade na série.

A versão PS4 contém algum conteúdo exclusivo como o modo Jukebox, onde é possível ouvir (quase) todas as músicas da série e escolher quais utilizar para cada modo e arena, com uma opção de personalizar uma a uma; os fatos Legacy, que são basicamente alguns fatos que se destacaram, sendo que apenas algumas personagens os têm; e finalmente, o VR Mode, composto por VR Battle, onde é possível combater usando o PSVR, e VR Viewer que serve para ver a vossa personagem de uma forma…diferente. Algo que seria excelente caso fosse introduzido, seria um modo de TRIALS, pois apesar do modo Practice ser muito bom, o mesmo não substitui a ideia de completar vários desafios, através de combos, situações específicas, etc.

Graficamente, o jogo consegue ser bastante agradável, sendo que TEKKEN sempre seguiu o rumo realista, ao contrário de Street Fighter que segue um rumo mais estilizado. Existem alguns casos de clipping nos variados fatos padrão, mas nada que estrague a experiência. As arenas são bastante diferentes e variadas, sendo que existem arenas infinitas, com diversos andares ou completamente fechadas. Em termos de banda sonora, temos uma variedade e qualidade já conhecida pela série, sendo que ainda sou apologista de haver temas de personagem, como aconteceu com TEKKEN 3, mas que ainda assim fico contente como que aqui está. Os sons de todos os movimentos continuam soberbos e reconhecíveis.

Apesar de não ser o título com mais conteúdo na série, TEKKEN 7 tem bastante para agradar e entreter, sendo que terão umas boas horas se apenas quiserem apenas saber a história ou uns bons anos se se quiserem dedicar a 100%. A nossa experiência online tem sido boa, excepto nos casos de rede fraca, como é óbvio. No entanto, a versão PC tem tido alguns problemas que o produtor Katsuhiro Harada já prometeu resolver, tendo já resolvido alguns problemas na PS4, com um patch, recentemente. O jogo é extremamente divertido e nunca foi tão acessível, por isso, se gostam de jogos de luta e nunca experimentaram, que agora está disponível em várias consolas e PC, é a melhor altura para entrar neste mundo louco e bizarro que é o universo TEKKEN.

█ F.S.

Após 2 anos da versão arcade de TEKKEN 7 (FATED RETRIBUTION), 6 anos de TEKKEN TAG TOURNAMENT 2, e 8 anos desde a última entrada canónica na série (TEKKEN 6), eis que o mais recente título TEKKEN chegou finalmente às consolas e, pela primeira vez, ao PC. TEKKEN 7 é…
Jogabilidade - 98%
Gráficos - 95%
Som/Banda Sonora - 95%
Longevidade - 88%

94%

Óptimo

Apesar de não ser o título com mais conteúdo na série, TEKKEN 7 tem bastante para agradar e entreter, sendo que terão umas boas horas se apenas quiserem apenas saber a história ou uns bons anos se se quiserem dedicar a 100%. O jogo é extremamente divertido e nunca foi tão acessível, por isso, se gostam de jogos de luta e nunca experimentaram, que agora está disponível em várias consolas e PC, é a melhor altura para entrar neste mundo louco e bizarro que é o universo TEKKEN.

User Rating: 5 ( 1 votes)
Filipe Silva
Aborrece-me:

Filipe Silva

Viciado em jogos de stealth, luta, beat'em ups e hack 'n slashes, mas um jogo com uma boa história e arte gráfica, é sempre bem vindo. E detesto MGS4.
Filipe Silva
Aborrece-me:

Latest posts by Filipe Silva (see all)

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Recebe todas as novidades do mundo gaming diretamente no teu E-mail

Junta-te a nós no facebook

Segue-nos no Instagram

  • Obrigado Ecoplay!
Análise em breve 😉
#Gaming #Playstation #4Gamers #Ecoplay

Vídeo em destaque