Menu

Análise – Crash Team Racing: Nitro-Fueled

Após o sucesso dos remakes / remasters da trilogia original de Crash Bandicoot, era inevitável que a Beenox voltasse a pegar na mascote laranja da Playstation. Desta vez o Bandicoot está de volta em Crash Team Racing Nitro-Fueled, o jogo de corrida de Karts que junta várias personagens dos três primeiros jogos da série.

CTR: Nitro-Fueled não é apenas um remaster do Crash Team Racing. Também não é um remake… Acaba por ser um pouco dos dois! O Crash Team Racing foi desenvolvido pela Naughty Dog em 1999 para a primeira Playstation e era na altura um rival directo do Mario Kart da Nintendo.  O jogo de Crash distinguiu-se pelo facto de ser possível ganhar impulsos fazendo drifts, o que adiciona um desafio ainda maior às corridas.

Tratando-se de um jogo de corridas, a história acaba por ser bastante básica. Enquanto Crash e os seus amigos estão no seu planeta descansados, surge Nitros Oxyde, um vilão que afirma ser o piloto mais rápido de toda a galáxia. Cabe-nos a nós vence-lo numa série de corridas para que este não tome conta do destino da terra.

Apesar de CTR: Nitro-Fueled ser um título kid-friendly, não é um jogo propriamente fácil se formos a comparar com o Mario Kart por exempo. Isto pode gerar alguma frutração inicial a certos jogadores que não estejam habituados à jogabilidade de Crash Team Racing, visto que é necessário ficar em primeiro lugar para avançar na história. Basta um pequeno erro (cair de uma plataforma por exemplo) para passar-mos para último lugar. Felizmente o jogo apresenta uma boa curva de aprendizagem e tudo se torna mais fácil a partir do momento em que conhecemos melhor as pistas e começamos a dominar a técnica do drift.

O modo principal do jogo é o modo de aventura, onde vamos viajando por vários mundos com uma série de quatro corridas para vencer em cada um. Depois existem também outros desafios com dificuldades variadas como é o caso das corridas contra-relógio, corridas com relíquias e desafios de cristais.

Com 34 pistas, 26 personagens e 7 modos de jogo disponíveis na altura do lançamento, Crash Team Racing Nitro Fueled é um título que oferece imenso conteúdo ao jogador sem se tornar repetitivo ou maçador. Mesmo que este consiga terminar o modo singler-player a 100%, existe ainda a possibilidade de competir com outros pilotos no modo online que após o update 1.02 está a funcionar na perfeição. CTR: Nitro Fueled oferece também um modo multiplayer local, o que não é muito comum nos jogos de hoje em dia, mas que é sempre bem vindo!

A Beenox fez um excelente trabalho em relação ao visual dos carros, das pistas e das personagens, conseguindo ser bastante fiel ao títulos originais. Um pormenor que não deve passar despercebido são os  comportamentos e as animações das personagens, que dão um certo charme ao jogo. Por exemplo, quando já estamos a personalizar os veículos à algum tempo, as personagens fazem uma cara do tipo “Vais demorar muito? Eu quero mesmo é ir correr!”

São imensas as opções de personalização que o jogo oferece, desde pilotos, karts, rodas, autocolantes, e pinturas. Os artigos podem ser desbloqueados ao vencer corridas ou com moedas numa loja com items rotativos. Em relação à música, podemos optar pelas versões originais da Playstation ou pelas composições feitas exclusivamente para este Remake. Um detalhe que não passou despercebido e que na minha opinião enriquece muito este tipo de jogos.

Infelizmente a maior parte dos jogos da PS1 não envelheceram tão bem como eu gostaria, mas a Beenox torna a experiência de voltar-mos a jogar Crash Team Racing tão inesquecível como se da primeira vez se tratasse. CTR: Nitro Fueled é um jogo com um enorme charme que não vai deixar ninguém indiferente!

Análise com cópia cedida pela Playstation Portugal, para a PlayStation 4.

Após o sucesso dos remakes / remasters da trilogia original de Crash Bandicoot, era inevitável que a Beenox voltasse a pegar na mascote laranja da Playstation. Desta vez o Bandicoot está de volta em Crash Team Racing Nitro-Fueled, o jogo de corrida de Karts que junta várias personagens dos três…
Jogabilidade - 95%
Gráficos - 90%
Som / Banda Sonora - 90%
Longevidade - 95%

93%

Crash Team Racing; Nitro-Fueled é sem dúvida o Ex-Libris dos jogos de corrida de Karts. A Beenox criou um jogo com visuais incríveis, uma jogabilidade quase perfeita e uma imensidão de conteúdos extra, tudo isto no universo de Crash Bandicoot. Um título obrigatório na biblioteca de qualquer jogador que se preze!

User Rating: Be the first one !
Francisco Xavier

Francisco Xavier

Gosto de todo o tipo de jogos mas os RPGs são os meus predilectos.
A minha plataforma favorita é a Super Nintendo e o jogo que me marcou mais foi o Super Mario World.
Nos tempos livres sou treinador de Pokémon e adoro Mac n' Chesse.
Francisco Xavier

Latest posts by Francisco Xavier (see all)

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Recebe todas as novidades do mundo gaming diretamente no teu E-mail

Junta-te a nós no facebook

Segue-nos no Instagram

  • Foi à exatamente três anos atrás que nasceu o projecto MoshBit Gaming tal como o conhecemos hoje, em formato website.

Queremos aproveitar esta oportunidade para agradecer todo o apoio que temos recebido, seja por parte dos nossos leitores, empresas ou colaboradores (antigos e atuais), pois sem vocês nada disto seria possível! Queremos deixar um agradecimento especial ao Carlos Silva por todo o seu empenho e vontade em trazer ideias novas para o site, à Nicole Concha pela sua disponibilidade e por ter alinhado ser a nova "cara" da MBG e ao Fábio Santos da StartUp Angra por acreditar em nós e nos nossos futuros projetos.

A nossa vontade é continuar a crescer enquanto plataforma digital de notícias e entretenimento. Neste momento ainda não há muito que possamos revelar, mas podemos adiantar que 2019 irá marcar o início do nosso projecto mais ambicioso até ao momento.

Esperemos poder continuar a contar convosco e mais uma vez, obrigado a todos vocês que acompanham o nosso website. See you in the MoshBit!

#MBG #Gaming #Anniversary #News #Website

Vídeo em destaque