Menu

Triangle Strategy: Análise Sem Spoilers


Warning: get_headers(): php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/moshbitw/public_html/wp-content/themes/Gameleon/includes/functions.php on line 324

Warning: get_headers(http://wpt.ninja/s/?u=www.moshbit.pt): failed to open stream: php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/moshbitw/public_html/wp-content/themes/Gameleon/includes/functions.php on line 324

A Square Enix trouxe mais uma belíssima aventura à Nintendo Switch: Triangle Strategy. Triangle Strategy é um RPG Tático que, à primeira vista faz lembrar a série Fire Emblem, ou mesmo Final Fantasy Tactics. Quanto mais jogava, mas me apercebia dos elementos únicos e das qualidades deste jogo, num estilo que dificilmente se aborda sem fazer referências aos gigantes icónicos.

Trailer

Após décadas de conflito, reina por fim a paz em Norzelia, que será celebrada através do casamento de Serenoa (herdeiro da casa Wolffort de Glenbrook e personagem principal) e Frederica (do condado de Aesfrost). Todo o conflito se passa à volta de Serenoa e os seus companheiros, com um sistema de jogabilidade adequadamente variado; Triangle Strategy está distribuído em capítulos com várias secções, em que temos cinco tipos de eventos que passo a explicar.

- História

Nos eventos de História acompanhamos cutscenes (obrigatórias e opcionais) de desenvolvimento de personagens, tanto as da nossa party como outras, bem como pedaços de lore que podem vir a fazer falta em momentos futuros. Mesmos que estas cenas pareçam irrelevantes, podem sempre fornecer informação que mais tarde desbloqueará conteúdo único.

Enquanto no demo entramos diretamente para a ação, no jogo há muitas cut-scenes até podermos efetivamente perceber o que é realmente Triangle Strategy. Eu não me importei nada porque achei a história interessante desde o início, mas consigo perceber que por esse motivo Triangle Strategy poderá não ser ideal para toda a gente.

- Exploração/Investigação

Aqui podemos fazer reconhecimento com movimento livre de áreas ou campos de batalha para recolher itens e informação relevante. É fundamental para ver relevo, pontos fortes de ataque ou estratégias de defesa.

- Decisão

É este o momento icónico da negociação. A nossa party é composta por várias personagens e quando é necessário tomar uma decisão, reunimos para usar a Balança da Convicção. O Serenoa não vota, mas pode tentar persuadir as outras personagens a mudar de opinião, tanto as que já a têm formada, como os indecisos. Um fraco poder de persuasão faz com que sejamos obrigados a tomar caminhos que não queríamos.

- Recrutamento

Há sempre a possibilidade de recrutar personagens novas secundárias com as mais diversas habilidades, que permitem muitíssimas combinações diferentes dentro da equipa. Algumas destas unidades são quase irrelevantes para o enredo principal, mas trazem sempre algo de profundo para o elenco.

Podemos sempre recrutar novas unidades secundárias para construir a equipa de sonho com as classes mais adequadas a cada mapa.

Combate

As batalhas funcionam ao estilo 'tabuleiro de Xadrez’ (mas sem as limitações de movimento). As jogadas dão-se por ordem de velocidade de cada unidade e não por equipa, como é habitual em Fire Emblem. Isto faz com que a batalha seja mais complexa e leve a que tenhamos de analisar minuciosamente cada passo que damos.

Além disto ainda há outras mecânicas que ajudam a tornar as batalhas imprevisíveis, como por exemplo:

- Se uma unidade está de costas, sofre mais dano.

- Se uma unidade está entre dois inimigos, quando um deles ataca o outro pode auxiliar.

- Há sempre habilidades passivas que adicionam ou contornam regras.

As Mock Battles (ou batalhas que não são a sério) servem para treinar e ganhar recursos e subir de níveis, e é uma mecânica muito útil pois podemos facilmente estar algo abaixo do nível recomendado para cada batalha.

Com intriga política entre nações, diferenças socio económicas nos diversos estratos, e as decisões que há para tomar, não só em batalhas, como também com o sistema de convicção, é mais que natural pausar o jogo para refletir sobre o que fazer a seguir. Tudo aquilo que escolhemos e fazemos tem um peso no triangulo das convicções: liberdade, moralidade e utilidade. Isto faz com que haja escolhas, dentro de escolhas, e inúmeras possibilidades e caminhos a tomar.

Triangle Strategy traz também uma banda sonora épica fenomenal, ainda que não seja muito variada.
A arte é muito parecida ao estilo de Octopath Traveler e, tal como este,  também nos traz a nostalgia dos RPGs mais antigos. Os retratos das personagens no roster são lindíssimos, mas muito semelhantes aos dos títulos mais recentes do estúdio.

O jogo em si passa-se em 40 horas, mas dependendo do grau de investimento em pormenores opcionais e afins, pode bem chegar às 100. Também depende se passamos as batalhas à primeira ou não. Há algumas bem custosas se não escolhermos as unidades certas ou se os níveis estiverem abaixo do recomendado para a batalha.

Além disso após completar o jogo desbloqueamos o New Game + para poder jogar novamente e experienciar escolhas e builds diferentes.

Triangle Strategy é um RPG tático da Square Enix e uma brilhante obra-prima no género. Tem uma belíssima história, com personagens muito bem arquitetadas, tanto a nível estético como narrativo. A jogabilidade é complexa, mas acaba por ser viciante e é uma das melhores coisas que a Nintendo nos traz este ano.

Foi um jogo que me encantou aos poucos, mas creio que possa não agradar aos jogadores no geral pelos seguintes motivos: tem demasiadas cut-scenes e muitíssimo lore para ler. Na minha opinião teve um bom equilíbrio de narrativa, desenvolvimento e combate. Não é um jogo para jogar à pressa; é para saborear com tempo e equacionar todas as possíveis jogadas.

Review Overview

A Square Enix trouxe mais uma belíssima aventura à Nintendo Switch: Triangle Strategy. Triangle Strategy é um RPG Tático que, à primeira vista faz lembrar a série Fire Emblem, ou mesmo Final Fantasy Tactics. Quanto mais jogava, mas me apercebia dos elementos únicos e das qualidades deste jogo, num estilo…

Triangle Strategy

Jogabilidade - 96%
Narrativa - 95%
Gráficos - 90%
Som/Banda Sonora - 92%
Longevidade - 90%

93%

Excelente

Triangle Strategy é um RPG tático da Square Enix e uma brilhante obra-prima no género e é uma das melhores coisas que a Nintendo nos traz este ano.

User Rating: Be the first one !

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Junta-te a nós no facebook

Vídeo em destaque

MOSH BITAITES

Próximos Lançamentos

30 minutos de Jogabilidade