Menu

Análise – Cook, Serve, Delicious! 3?!

Preparar onigiris acompanhados de boba tea numa carrinha a alta velocidade nunca pareceu tão divertido como agora!
Neste fantástico jogo da Vertigo Gaming vais poder sentir-te como uma espécie de Ljubomir, mas de roulottes multi-gastronómicas.

Ao contrário dos seus antecessores, em que o objetivo era criarmos o restaurante dos nossos sonhos, em Cook, Serve, Delicious! 3?! temos que recomeçar do zero numa roulotte, após o nosso restaurante ser destruído durante uma guerra iniciada pelos EUA, e termos sido resgatados por dois robôs bastante simpáticos.

O nosso jogo baseia-se em dias, em que escolhemos a região e a “rota” no mapa, e depois o cardápio que iremos levar na nossa jornada.
Para esse cardápio temos à nossa disposição dezenas de receitas do mundo inteiro, todas identificadas com os respetivos nomes, ilustrações, região e uma breve descrição do prato, sempre adaptada à história e universo do jogo.
Cada receita tem um nível de dificuldade estipulado entre 0 e 5. O nível do prato vai também corresponder a um número de pontos, ou seja, um prato de nível 1 corresponde a 1 ponto, que serão necessários para preencher o limite mínimo de pontos para iniciar determinada “rota”.

A gameplay assenta muito na concentração, coordenação e destreza do jogador, visto que toda a alternância de botões e a velocidade que necessitamos para concluir cada prato, são a chave para não fazer os nossos clientes perderem a paciência.
Temos dois modos de jogo “Chill” e “ Standard”, onde no primeiro a paciência dos nossos clientes é bem mais extensa e por isso temos mais tempo para a preparação dos pratos, e no segundo seremos “castigados” por cada segundo que levarmos a mais que o esperado.
Essencialmente temos que colocar os ingredientes pedidos pela ordem definida a cozinhar, para depois podermos montar o prato. Alguns pratos podem ser cozinhados antecipadamente para ter em “stock” e outros apenas quando pedidos.
Podemos ir adiantando os pedidos durante as viagens entre cada paragem, mas sempre tendo em conta que a comida em “stock” pode estragar-se muito rapidamente e que se não guardarmos o mais depressa possível os pedidos que formos fazendo, estes podem pegar fogo enquanto estiverem ao lume.

Na versão analisada (PS4), utilizamos praticamente todo o comando. Em cada prato temos que pressionar L2 ou R2 e escolher os ingredientes pedidos, que estão organizados dentro de “páginas”, escolhidas também com botões e que estão destacadas com cores diferentes.
A mecânica pode ser um pouco confusa ao início, principalmente devido à estrutura visual em si, mas ao fim de alguns minutos de jogo adaptamo-nos e até acabamos por decorar as sequências de botões.

Todos estes cozinhados frenéticos estão acompanhados de uma banda sonora incrível. O compositor Jonathan Geer consegue elevar ainda mais o espírito do jogo com a sua sonoridade estilo jazz.

Ao fim de cada dia recebemos uma medalha pelo nosso desempenho, que pode ser de bronze, prata ou ouro e também moedas. A medalha de ouro é efetivamente um verdadeiro “pesadelo na cozinha”, visto que temos que conseguir um dia perfeito, ou seja, ter todas as paragens de um dia concluídas na perfeição.
Conforme vamos progredindo no jogo vamos podendo comprar novas receitas, decorações para a roulotte e upgrades.

Contamos ainda com um modo Co-Op local que nos oferece uma divertida sessão de jogo para partilhar com alguém.

 

O jogo está disponível para as plataformas PC (Steam), Xbox One, PlayStation 4 e Nintendo Switch.

Código cedido pela JF Games Team.

Deixo aqui os meus primeiros minutos nesta incrível cozinha:

Preparar onigiris acompanhados de boba tea numa carrinha a alta velocidade nunca pareceu tão divertido como agora! Neste fantástico jogo da Vertigo Gaming vais poder sentir-te como uma espécie de Ljubomir, mas de roulottes multi-gastronómicas. Ao contrário dos seus antecessores, em que o objetivo era criarmos o restaurante dos nossos…
Jogabilidade - 84%
Gráficos - 68%
Som/Banda Sonora - 95%
Longevidade - 89%

84%

Cook, Serve, Delicious! 3?! é o jogo indicado para quem gosta de um bom desafio, mas também para quem quer relaxar um pouco entre jogatinas ou ao fim de um dia de trabalho. Apesar das poucas novidades e acrescentos em relação a títulos anteriores, a diversão (ou frustração) continuam em pleno, e o aspeto delicioso dos diversos pratos são um bom motivo para darem uma oportunidade a este jogo.

User Rating: Be the first one !
Nicole Concha
Latest posts by Nicole Concha (see all)

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Junta-te a nós no facebook

Vídeo em destaque

Próximos Lançamentos