Menu

Análise- Pikmin 3 Deluxe

Pikmin 3 Deluxe é mais um título da Wii U a marcar entrada na era Switch e, deixem-me que vos diga, ganhou um lugar merecido. Com gráficos lindíssimos e jogabilidade melhorada, Pikmin 3 Deluxe traz a diversão da estratégia e possibilidade de jogar em cooperativo para um outro nível.  Devo dizer que não joguei o original, portanto esta análise é do ponto de vista de alguém que não jogava Pikmin desde o primeiro título, na Game Cube.

O planeta Kopai esgotou todos os recursos disponíveis e a única forma de sobrevivência é procurar recursos noutro planeta.  Há vários modos de jogo, sendo o principal o Modo História.

Entramos com o prólogo/tutorial, em que a nave do Capitão Charlie se despenha num planeta desconhecido e aí conhecemos os adoráveis Pikmin 

Depois disso, começa o jogo propriamente dito, com Alph em busca do Capitão. Mais tarde Brittany é introduzida na história e podemos jogar em cooperativo, enquanto que em solo temos de mudar de personagem ativa para resolver puzzles.  Em cooperativo podem jogar dois jogadores em ecrã dividido, ainda que tenhamos três protagonistas.

A cada dia podemos escolher um sítio para explorar e planeá-lo da melhor forma possível, resolvendo quebra-cabeças, com o principal objetivo de recolher alimento.

Os Pikmin são bichinhos curiosos, de várias cores que nos seguem e ajudam, recebendo comandos. Para tal, basta lançá-los para o alvo que queremos e os Pikmin podem contruir pontes, destruir paredes, transportar objetos e combater. 

Ao longo do percurso vamos conhecendo vários tipos de Pikmin, que se diferenciam por cores e cada tipo está associado a um elemento:

– Os vermelhos são resistentes ao fogo;
– Os amarelos geram corrente elétrica;
– Os pretos são de pedra e partem gelo/vidro;
– Os rosas voam e podem transportar objetos dessa forma;
– Os azuis caminham debaixo de água, contrariamente aos outros tipos que se podem afogar.

Há ainda dois tipos que apenas estão disponíveis nos Modos Missão e Bingo:

– Os roxos são mais lentos, mas mais fortes que os outros;
– Os brancos são venenosos e os predadores que os tentarem comer vão decerto arrepender-se.

Desta forma, é necessário conjugar os tipos e o número de Pikmin para resolver os diversos puzzles, chegar aos locais mais impensáveis e recolher alimentos que garantam o progresso no jogo.  Os alimentos são indispensáveis, pois servem para fazer sumo, que é armazenado na nave para alimentar a tripulação e, assim, garantir a sobrevivência.

Cabe ao jogador decidir quantos leva para cada expedição, podendo sempre gerar mais, pois os Pikmin multiplicam-se através dos alimentos que apanham e transportam para a Onion, a sua pequena nave em forma de cebola.

Além disso, temos de garantir que os Pikmin não se perdem e voltam ao abrigo antes do pôr do sol, caso contrário serão devorados por predadores.

A narrativa principal em si é bastante rápida, mas eu demorei algum tempo a explorar e a perceber como se acedia a áreas específicas. Tem a duração de 15 a 20h.

Para adicionar algumas horas ao jogo, está também presente a vertente do colecionismo de objetos e frutos que são adicionados à enciclopédia / diário de bordo, tendo eles nomes cómicos como este: 

O Modo Bingo é  apenas multijogador e mais curto, em que temos uma tabela de frutos e criaturas, ao estilo bingo e temos de os recolher pelo mapa os necessários para fazer uma linha. Ganha quem o fizer primeiro.  

 O Modo Missão é uma ajuda aos skills de gestão, pois divide em missões as partes que compõem o jogo principal: procurar tesouros, derrotar criaturas e derrotar bosses.

Há também um Modo de Histórias Secundárias desbloqueável após passar uma determinada parte do Modo de História.

As paisagens e ambientes de Pikmin 3 são deslumbrantes. Os vários biomas e cenários da natureza, as plantas e frutos, e até os monstros têm dimensões enormes, em comparação com os protagonistas e, em especial, os Pikmin, dando à aventura um gosto especial na exploração.

A música é animada e relaxante e é uma mais-valia num jogo que é excelente para disfrutar em família ou apenas sem grandes confrontos (ajustáveis nos modos de dificuldade).  

Mesmo para quem nunca jogou a série Pikmin, é fácil pegar no comando e entrar no universo. Os controlos em si são fáceis e podemos jogar com e sem movimento dos comandos, sendo possível ajustar para apenas algumas funcionalidades. Nem sempre consegui direcionar os Pikmin de forma precisa para onde queria sem o apoio do movimento (em modo TV), mas de um modo geral não tive problemas.

Em suma, diria que é um jogo bastante bom e divertido, mas que acaba um tanto depressa, em comparação com a maioria dos títulos Nintendo Switch. Ainda assim, os modos extra acabam por prolongar um pouco a vida do jogo.

 

Nota: Pikmin 3 Deluxe gentilmente cedido pela Nintendo Portugal.

Review Overview

Pikmin 3 Deluxe é mais um título da Wii U a marcar entrada na era Switch e, deixem-me que vos diga, ganhou um lugar merecido. Com gráficos lindíssimos e jogabilidade melhorada, Pikmin 3 Deluxe traz a diversão da estratégia e possibilidade de jogar em cooperativo para um outro nível.  Devo dizer que não joguei o original, portanto esta análise…
Jogabilidade - 90%
Gráficos - 90%
Som/Banda Sonora - 90%
Longevidade - 78%

87%

Bastante divertido, mas com modo história um pouco curto. Modos cooperativos estendem a longevidade.

User Rating: Be the first one !
Latest posts by Martina Silvestre (see all)

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Junta-te a nós no facebook

Vídeo em destaque

Próximos Lançamentos