Menu

Análise – Chocobo GP

O personagem mais fofinho do universo Final Fantasy está de volta com mais um jogo a solo. Chocobo GP é o sucessor espiritual de Chocobo Racing, lançado em 1999 para a primeira PlayStation, e chega agora à Nintendo Switch.

Duas versões

Chocobo GP tens duas versões. O Chocobo GP Lite é uma versão free to play do jogo, onde temos apenas uma pequena amostra do jogo completo. Nesta versão podemos jogar o prólogo do modo história e também o modo Chocobo GP, sendo que temos apenas Chocobo, Shirma, e Bem como personagens jogáveis. Já na versão completa do jogo temos todo o modo história, além do Chocobo GP, corridas individuais, corridas personalizadas, corridas em série, time trials e multiplayer.

Modo de História

O modo de história de Chocobo GP está dividido em capítulos, cada capítulo com um conjunto de corridas que precisam de condições específicas para serem vencidas. Ou seja, não precisamos sempre de terminar em primeiro para ganhar as corridas neste modo, muitas vezes precisamos apenas de ficar à frente de um personagem específico. Sempre que terminamos corridas vamos desbloqueando personagens e também recebendo tickets, que podemos trocar por mais personagens, veículos e cosméticos. Neste modo podemos também aprender tudo o que precisamos para acelerar pelas pistas. A própria história, apesar de simples, consegue ser interessante. Temos de vencer as corridas para conseguirmos realizar desejos.

Gameplay

As mecânicas de jogo e controlos são muito iguais às de Mario Kart 8. Temos que saber o ponto exato para começar a acelerar na grelha de partida e ganhar um bom boost inicial, o drift nas curvas dá-nos também boost, que vai ser maior quanto mais tempo estivermos a fazer esse mesmo drift. Podemos também apanhar power ups, que neste caso são os Magicite. Temos power ups que nos permitem atacar inimigos com bolas de fogo, outros que congelam os inimigos, eletrocutar também é uma possibilidade, e até mesmo boosts de velocidade. Os inimigos utilizam imenso os Magicite, e podemos acabar por sentir que o jogo é um pouco castigador nesse aspeto porque sempre que nos acertam, perdemos imenso tempo para nos recuperarmos. É claro que podemos escapar a muitos dos ataques, mas nem sempre é fácil.

Cada um dos personagens tem as suas próprias especificidades. Alguns têm mais velocidade, outros mais grip, etc, mas aquilo que mais se destaca entre cada um é o seu poder especial. Durante as corridas vamos recolhendo cristais para encher um contador, quando este chega ao máximo podemos ativar a nossa habilidade especial. No caso do Chocobo, por exemplo, ficamos muito mais rápidos e imunes a ataques inimigos.

 

Chocobo GP

O modo Chocobo GP é constituído por minitorneios online, onde 64 jogadores correm entre si para passar de etapa e progredir até à corrida final. Os jogadores estão sempre divididos em corridas de 8, os melhores 4 de cada corrida seguem para a próxima etapa até chegar à final, onde apenas estão 8 jogadores a competir. É neste modo que ganhamos pontos para subir de nível e recebermos as recompensas do Prize Pass.

Prize Pass

É natural que num jogo onde existe uma vertente free to play, acabe por existir um passe de temporada. O Prize Pass é pago com dinheiro real, identificado como Mythril no jogo, e podemos receber recompensas dentro do jogo através desse passe. Claro que existe um passe gratuito onde também vamos recebendo alguns bónus, mas os prémios bons estão reservados para quem estiver disposto a investir Mythril neste passe. O Mythril serve para comprar mais algumas coisas na loja, como stickers e outros cosméticos.

Visuais e banda sonora

Os visuais de Chocobo GP não são surpreendentes, principalmente por existirem opções como muito mais qualidade na consola da Nintendo, mas não deixam de ser bonitos. Já a banda sonora conta com uma música de menu “fofinha” que acaba por se tornar ligeiramente irritante ao fim de muito tempo a ouvi-la, mas surpreendentemente conseguem ficar com ela na cabeça e até podem acabar a cantarolá-la durante o dia (que foi o que me aconteceu). Além disso temos remixes de várias músicas da franquia Final Fantasy a acompanharem as nossas corridas, o que dá motivação extra para correr.

Veredito

Chocobo GP acaba por ser “só mais um” karting game, que não se consegue destacar no meio de todos os outros que já existem no mercado. Um jogo de karting que surge tanto em modelo free to play como em jogo completo, bastante divertido, mas que é demasiado familiar, ao ponto de quase parecer uma cópia de Mario Kart 8.

O personagem mais fofinho do universo Final Fantasy está de volta com mais um jogo a solo. Chocobo GP é o sucessor espiritual de Chocobo Racing, lançado em 1999 para a primeira PlayStation, e chega agora à Nintendo Switch. Duas versões Chocobo GP tens duas versões. O Chocobo GP Lite…

Chocobo GP

História - 63%
Jogabilidade - 74%
Gráficos - 62%
Som/Banda Sonora - 68%
Longevidade - 70%

67%

Razoável

Chocobo GP é bastante divertido, mas não consegue destacar-se dentro do género.

User Rating: Be the first one !
Nicole Concha

Sem Comentários

Deixe uma resposta

Junta-te a nós no facebook

Vídeo em destaque

30 minutos de Jogabilidade

MOSH BITAITES

Próximos Lançamentos